Queimada provocou falta de energia em 7 cidades do Sul de Minas

Queimada provocou falta de energia em 7 cidades do Sul de Minas

Uma queimada deixou moradores de sete cidades do Sul de Minas sem energia na tarde de sábado (08/7). O fogo se alastrou na vegetação próximo à subestação de energia da Cemig em Três Pontas, danificando uma estrutura e rompendo cabos condutores da rede elétrica de alta tensão.

A interrupção na subestação de Três Pontas comprometeu ainda o fornecimento de energia para duas Linhas de 69KV que alimentam os municípios de Santana da Vargem, Coqueiral, Ilicínea, Guapé, Campos Gerais e Campo do Meio. A interrupção durou cerca de 1h14min.
Para minimizar os danos causados pelas queimadas e já se antecipando ao período seco, a Cemig realiza anualmente ações preventivas, investindo cerca de R$ 4 milhões em ações de limpeza de faixa, com a poda de árvores e vegetações, execução de aceiro ao pé das torres e aplicação de pintura antichamas nos postes de madeira em locais de risco.

Para ajudar a diminuir os focos, a Empresa recomenda:

  • Fazer queimadas somente com autorização do IEF (0800 283 2323), Ibama ou órgãos competentes e de forma controlada, com a construção de aceiros e barreiras que impeçam a propagação das chamas. O aceiro pode ser feito por meio de valas ou da limpeza do terreno, de modo a obstruir a passagem do fogo.
  • Não jogar pontas de cigarro próximo a qualquer tipo de vegetação.
  • Apagar com água o resto do fogo em acampamentos para evitar que o vento leve as brasas para a mata;
  • Não realizar queimadas a menos de 15 metros de rodovias, de ferrovias e do limite das faixas de segurança das linhas de transmissão e distribuição de energia elétrica.
  • Em caso de incêndios, o Corpo de Bombeiros (193) ou as Brigadas Voluntárias de Combate a Incêndios Florestais devem ser avisados o mais depressa possível.